Condições de acesso aos cursos da Faculdade de Medicina Dentária


Nesta área pode encontrar todas as informações relativas a candidaturas para todos os cursos da Faculdade de Medicina Dentária.


 
Detentores de Licenciatura


Este regime de acesso destina-se aos candidatos titulares de um curso médio ou superior, português ou estrangeiro, que frequentaram o Ensino Superior.

Calendário de candidaturas 2021/22

1.ª Fase

2.ª Fase

Candidaturas: 1 de julho a 7 de setembro
Resultados: 9 de setembro
Matrículas: 9 a 15 de setembro

Candidaturas: 16 a 23 de setembro
Resultados: 24 de setembro
Matrículas: 24 a 30 de setembro

Caso existam vagas sobrantes após a segunda fase, a Faculdade de Medicina Dentária pode, caso assim o entenda, disponibilizar estas vagas para uma terceira fase de candidaturas. Estas candidaturas podem ser apreciadas por ordem de entrada, esgotando-se com o seu preenchimento, ou podem ser seriadas em prazo a definir pela Faculdade.

O pedido de ingresso poderá ser realizado presencialmente ou enviado por e-mail (máx. 10MB) para info.viseu@ucp.pt dentro dos prazos estipulados.

Documentação necessária para candidatura:

  • Cartão de Cidadão;
  • Requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade de Medicina Dentária, solicitando a inscrição no curso;
  • Carta de motivação;
  • Certificado de habilitações (caso seja admitido deverá entregar no ato da matrícula um original ou fotocópia autenticada).

Nota: A documentação original deverá ser devidamente autenticada pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas dos países estrangeiros em Portugal, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. Caso a candidatura seja feita por e-mail, os documentos apostilados terão de ser entregues no ato da matrícula. Às disciplinas a que seja atribuída creditação são reconhecidos os créditos ECTS previstos no plano curricular da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa.


Estatuto de Estudante Internacional - Nacionalidade Brasileira


Os estudantes brasileiros têm a possibilidade de concorrer aos programas de Licenciatura e Mestrado Integrado da FMD-Católica com o ENEM. Nesta página encontrará disponível a informação para os estudantes que cumpram os requisitos de elegibilidade definidos legalmente no Estatuto de Estudante Internacional.

Para este efeito, é considerado estudante internacional o estudante que, cumulativamente:

  • Não tenha nacionalidade de um estado membro da União Europeia;
  • Não seja descendente direto, cônjuge (marido/mulher) ou parceiro(a) de cidadão nacional de um estado membro da União Europeia;
  • Não resida legalmente em Portugal há mais de 2 anos, de forma ininterrupta em 1 de janeiro do ano em que pretenda ingressar no ensino superior (o próprio, o cônjuge ou algum dos pais com quem resida legalmente);
  • Não seja beneficiário, em 1 de janeiro do ano em que pretende ingressar no ensino superior, de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que é nacional.

O ingresso de cidadãos estrangeiros que não se encontrem abrangidos pelo Estatuto de Estudante Internacional é realizado nas condições aplicáveis aos estudantes com nacionalidade portuguesa.

Para isso, deverá inscrever-se numa escola secundária portuguesa para realizar os exames nacionais em Portugal e apresentar uma das provas exigidas pela FMD - Católica ou poderá realizar em Portugal ou no Brasil uma prova homóloga à exigida através do sistema internacional de ensino, por exemplo IB ou SAT Exams. Para saber quais as disciplinas terminais análogas às provas de ingresso solicitadas, contacte a FMD.

Requisitos de Acesso

Para a candidatura ser avaliada deverá preencher os seguintes requisitos:

  • Ser considerado Estudante Internacional;
  • Ter concluído o Ensino Médio;
  • Ter realizado o ENEM (prova de ingresso);
  • Ter equivalência ao ensino secundário português ou ter concluído uma qualificação que lhe dê acesso ao ensino superior no país de origem.

Calendário de Candidaturas 2021/22

1.ª Fase

2.ª Fase

  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:
  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:

Caso existam vagas sobrantes após a segunda fase, a Faculdade de Medicina Dentária pode, caso assim o entenda, disponibilizar estas vagas para uma terceira fase de candidaturas. Estas candidaturas podem ser apreciadas por ordem de entrada, esgotando-se com o seu preenchimento, ou podem ser seriadas em prazo a definir pela Faculdade.


Provas do ENEM e Vagas de Acesso

Curso

Prova do ENEM

Vagas

Licenciatura em Ciências Biomédicas

Matemática e suas Tecnologias: 100% ou Ciências da Natureza e suas Tecnologias : 100%

10

Mestrado Integrado em Medicina Dentária

Ciências da Natureza e suas Tecnologias : 100% ou Ciências da Natureza e suas Tecnologias : 50% e Matemática e suas Tecnologias : 50%
Pré-Requisito: Grupo A – comunicação interpessoal comprovada por atestado Médico

12

Nota de Candidatura

A nota de candidatura é calculada da seguinte forma:

  • Classificação final do curso de ensino médio (nota mínima positiva): 60%
  • Classificação da área do ENEM relevante para o curso a que se candidata (nota mínima 475): 40%

CONVERSÃO DA CLASSIFICAÇÃO E CÁLCULO DA NOTA DE CANDIDATURA

NOTA: As classificações obtidas serão convertidas para a escala portuguesa, conforme legislação aplicável.

Documentação necessária para candidatura

Nota: A documentação original deverá ser devidamente autenticada pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas dos países estrangeiros em Portugal, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. Caso a candidatura seja feita por e-mail, os documentos apostilados terão de ser entregues no ato da matrícula.

Processo de Candidatura

1.º Passo – Inicie a sua candidatura online

Preencha os seus dados pessoais, selecione o programa que pretende candidatar-se e anexe todos os documentos obrigatórios. *

O documento original ou uma cópia autenticada deverá ser apresentado na Secretaria Escolar da UCP no momento da matrícula.

* Atenção que todos os documentos deverão ser submetidos em formato PDF.

2.º Passo – Pagamento da taxa de candidatura

Após preencher a candidatura e anexar os documentos necessários deverá efetuar o pagamento da taxa de candidatura (valor não reembolsável). Atenção que a candidatura apenas será considerada completa após pagamento da taxa.

O pagamento poderá ser efetuado através de transferência bancária (quaisquer taxas bancárias são da responsabilidade do candidato) com a seguinte referência:

IBAN: PT50 000706670000686000017
BIC/SWIFT: BESCPTPL

Deverá enviar comprovante do pagamento para laura@ucp.pt


3.º Passo – Resultados da candidatura

Os resultados serão disponibilizados na Área do Candidato na data prevista, com a indicação de “Admitido” ou “Não Admitido”. Deverá aceder a esta área com as credenciais que receberá no final da sua candidatura.

Após a divulgação dos resultados, receberá um email com o procedimento a seguir para efetuar a matrícula.


Estatuto de Estudante Internacional - Outras Nacionalidades

Os estudantes estrangeiros têm a possibilidade de concorrer aos programas de Licenciatura e Mestrado Integrado da FMD-Católica . Nesta página encontrará disponível a informação para os estudantes que cumpram os requisitos de elegibilidade definidos legalmente no Estatuto de Estudante Internacional.

Para este efeito, é considerado estudante internacional o estudante que, cumulativamente:

  • Não tenha nacionalidade de um estado membro da União Europeia;
  • Não seja descendente direto, cônjuge (marido/mulher) ou parceiro(a) de cidadão nacional de um estado membro da União Europeia;
  • Não resida legalmente em Portugal há mais de 2 anos, de forma ininterrupta em 1 de janeiro do ano em que pretenda ingressar no ensino superior (o próprio, o cônjuge ou algum dos pais com quem resida legalmente);
  • Não seja beneficiário, em 1 de janeiro do ano em que pretende ingressar no ensino superior, de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que é nacional.

O ingresso de cidadãos estrangeiros que não se encontrem abrangidos pelo Estatuto de Estudante Internacional é realizado nas condições aplicáveis aos estudantes com nacionalidade portuguesa.

Para isso, deverá inscrever-se numa escola secundária portuguesa para realizar os exames nacionais em Portugal e apresentar uma das provas exigidas pela FMD-Católica ou poderá realizar em Portugal ou no Brasil uma prova homóloga à exigida através do sistema internacional de ensino, por exemplo IB ou SAT Exams. Para saber quais as disciplinas terminais análogas às provas de ingresso solicitadas, contacte a FMD.

Requisitos de Acesso
Para a candidatura ser avaliada deverá preencher os seguintes requisitos:

  • Ser considerado Estudante Internacional;
  • Ter equivalência ao ensino secundário português ou ter concluído uma qualificação que lhe dê acesso ao ensino superior no país de origem;
  • Ter realizado exames finais do ensino secundário em 2020, 2019 ou 2018 nas áreas de acesso a cada um dos cursos (consulte a Tabela de Correspondência de Exames) ou ter obtido aprovação em disciplina do ensino secundário estrangeiro considerada equivalente à prova de ingresso.

Calendário de Candidaturas 2021/22

1.ª Fase

2.ª Fase

  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:
  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:

Caso existam vagas sobrantes após a segunda fase, a Faculdade de Medicina Dentária pode, caso assim o entenda, disponibilizar estas vagas para uma terceira fase de candidaturas. Estas candidaturas podem ser apreciadas por ordem de entrada, esgotando-se com o seu preenchimento, ou podem ser seriadas em prazo a definir pela Faculdade.

Provas do Ingresso e Vagas de Acesso

Curso

Provas de Ingresso exigidas

Vagas

Licenciatura em Ciências Biomédicas

Biologia e Geologia ou Física e Química ou Matemática

10

Mestrado Integrado em Medicina Dentária

Biologia e Geologia ou um dos seguintes conjuntos

- Biologia e Geologia e Física e Química

- Biologia e Geologia e Matemática A

11

Nota de Candidatura
A nota de candidatura é calculada da seguinte forma:

  • Classificação final do curso de ensino secundário ou equivalente (nota mínima positiva): 60%
  • Classificação do exame final nacional ou disciplina relevante homóloga para o curso a que se candidata: 40%

Nota: As classificações obtidas serão convertidas para a escala portuguesa, conforme legislação aplicável.

Documentação necessária para candidatura:

  • Passaporte;
  • Declaração, sob compromisso de honra, de que o candidato é elegível enquanto "estudante internacional";
  • Diploma do ensino secundário discriminado (disciplinas realizadas e respetiva classificação) e classificação final;
  • Documento comprovativo das classificações obtidas no exame nacional final do ensino secundário;
  • Documento oficial emitido por entidade competente, explicativo do sistema de ensino frequentado, comprovativo de que a qualificação de que é titular confere acesso ao ensino superior no país onde foi obtida e da escala de classificação aplicável (incluindo nota mínima para aprovação);
  • Certificado de equivalência ao ensino secundário português (a obter numa escola secundária portuguesa ou na Direção-Geral da Educação - mais informações aqui).

Nota: A documentação original deverá ser devidamente autenticada pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas dos países estrangeiros em Portugal, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. Caso a candidatura seja feita por e-mail, os documentos apostilados terão de ser entregues no ato da matrícula.


Processo de Candidatura

1.º Passo – Inicie a sua candidatura online

Preencha os seus dados pessoais, selecione o programa que pretende candidatar-se e anexe todos os documentos obrigatórios. *

O documento original ou uma cópia autenticada deverá ser apresentado na Secretaria Escolar da UCP no momento da matrícula.

* Atenção que todos os documentos deverão ser submetidos em formato PDF.


2.º Passo – Pagamento da taxa de candidatura

Após preencher a candidatura e anexar os documentos necessários deverá efetuar o pagamento da taxa de candidatura (valor não reembolsável). Atenção que a candidatura apenas será considerada completa após pagamento da taxa.

O pagamento poderá ser efetuado através de transferência bancária (quaisquer taxas bancárias são da responsabilidade do candidato) com a seguinte referência:

IBAN: PT50 000706670000686000017

BIC/SWIFT: BESCPTPL

Deverá enviar o comprovativo do pagamento por e-mail para laura@ucp.pt.


3.º Passo – Resultados da candidatura

Os resultados serão disponibilizados na Área do Candidato na data prevista, com a indicação de “Admitido” ou “Não Admitido”. Deverá aceder a esta área com as credenciais que receberá no final da sua candidatura.

Após a divulgação dos resultados, receberá um email com o procedimento a seguir para efetuar a matrícula.


Maiores de 23

A Universidade Católica Portuguesa, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de Março, e por despacho NR/R/0108/2006, admite o acesso aos seus cursos de licenciatura de maiores de 23 anos que, não sendo titulares de habilitações de acesso ao ensino superior, façam prova de capacidade para a sua frequência.

Pode consultar o regulamento geral das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Ensino Superior de maiores de 23 anos.

Calendário de candidaturas 2021/22

Candidaturas: 1 de junho a 14 de setembro
Provas: 18 de setembro
Afixação de resultados: 25 de setembro
Matrículas: 25 a 30 de setembro

A candidatura poderá ser realizada presencialmente ou enviada por email (máx. 10MB) para info.viseu@ucp.pt dentro dos prazos estipulados.

Documentos necessários para candidatura:

  • Cartão de Cidadão;
  • Boletim de Inscrição;
  • Curriculum Vitae;
  • Documentos (diplomas, certificados de habilitações, cartas de recomendação) que o candidato considere úteis para demonstrar o currículo apresentado;
  • Declaração, sob compromisso de honra, em como não é titular de habilitação de acesso ao ensino superior;
  • Carta de Motivação dirigida à Direção da Faculdade de Medicina Dentária.

Componentes de avaliação
A avaliação da capacidade dos candidatos para a frequência dos cursos da Faculdade de Medicina Dentária-Católica é feita através das seguintes componentes:

  • Apreciação do currículo escolar e profissional;
  • Explicação das motivações do candidato para o ingresso no ensino superior e entrevista;
  • Prova escrita de avaliação dos conhecimentos e competências considerados indispensáveis ao ingresso e progressão no curso a que se candidatam.

Mudança de Curso


A mudança de curso consiste no ato pelo qual um estudante se matricula e/ou inscreve numa instituição e curso diferente daqueles em que, em anos letivos anteriores, realizou uma inscrição (Portaria nº181-D/2015 de 19 de junho).

Podem solicitar mudança de curso os estudantes que:

  • Tenham estado matriculados e inscritos noutro par instituição/curso e não o tenham concluído, em Portugal ou no estrangeiro;
  • Tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas pela Faculdade de Medicina Dentária para o ano em que pedem a Mudança de Par Instituição/Curso (estes exames nacionais podem ter sido realizados em qualquer ano letivo anterior) ou provas homólogas;
  • Tenham, nesses exames, a classificação mínima exigida pela Universidade Católica Portuguesa, nesse ano.

Calendário de Candidaturas 2021/22

1.ª Fase

2.ª Fase

  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:
  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:

Caso existam vagas sobrantes após a segunda fase, a Faculdade de Medicina Dentária pode, caso assim o entenda, disponibilizar estas vagas para uma terceira fase de candidaturas. Estas candidaturas podem ser apreciadas por ordem de entrada, esgotando-se com o seu preenchimento, ou podem ser seriadas em prazo a definir pela Faculdade.

Mudança de curso de estabelecimento de ensino superior nacional

O pedido de mudança de curso poderá ser realizado presencialmente ou enviado por email (máx. 10MB) para info.viseu@ucp.pt dentro dos prazos estipulados.

Documentação necessária para candidatura:

  • Cartão de Cidadão;
  • Requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade de Medicina Dentária, solicitando a transferência;
  • Currículo do curso que frequenta ou frequentou anteriormente;
  • Certificado das disciplinas em que obteve aprovação, com as respetivas classificações, créditos e carga horária ou ECTS;
  • Programas das disciplinas para atribuição de eventuais creditações;
  • Ficha ENES;
  • Carta de Motivação.
Mudança de curso de estabelecimento de ensino superior estrangeiro

O pedido de transferência poderá ser realizado presencialmente ou enviado por email (máx. 10MB) para info.viseu@ucp.pt dentro dos prazos estipulados.

Documentação necessária para candidatura:

  • Passaporte;
  • Requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade de Medicina Dentária, solicitando a transferência;
  • Currículo do curso que frequenta ou frequentou anteriormente;
  • Certificado das disciplinas em que obteve aprovação, com as respetivas classificações, créditos e carga horária ou ECTS. O certificado deverá ser acompanhado de uma declaração explicativa das classificações nele constantes, se estas forem diferentes do sistema de zero a vinte valores;
  • Programas das disciplinas para atribuição de eventuais creditações;
  • Certificado de conclusão do ensino secundário com classificações por disciplina;
  • Carta de Motivação.

Nota: A documentação original deverá ser devidamente autenticada pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas dos países estrangeiros em Portugal, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. Caso a candidatura seja feita por e-mail, os documentos apostilados terão de ser entregues no ato da matrícula.


Mudança de curso – Dentro da UCP

Os candidatos a mudança de curso dentro da UCP apenas necessitam de apresentar requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade, solicitando a mudança de curso, uma vez que a documentação necessária será apresentada pelos Serviços Escolares, que já têm o processo do aluno. Este pedido será submetido à apreciação da Direção da Faculdade de Medicina Dentária.


Pedido de Creditações
Os candidatos admitidos podem solicitar a atribuição de creditações e respetivos créditos ECTS, correspondentes às unidades curriculares em que tenham obtido aprovação na instituição de ensino de proveniência.


Regime Institucional - via 12.º ano

Condições de Candidatura:

  • Candidatos que tenham o 12.º ano concluído ou habilitação legalmente equivalente;
  • Candidatos que tenham realizado o Ensino Secundário ou apenas o 12.º ano no estrangeiro. Para tal, terão de obter a equivalência legal ao Ensino Secundário português.

No que se refere às provas de ingresso, são admitidos os candidatos que realizem o exame nacional da prova de ingresso em Portugal ou o exame final da disciplina homóloga no ensino superior estrangeiro. Para saber quais as disciplinas terminais análogas às provas de ingresso solicitadas, contacte a FMD.

São admitidas para candidatura as seguintes provas de ingresso:

Curso

Provas de ingresso

Licenciatura em Ciências Biomédicas

Biologia e Geologia ou Física e Química ou Matemática

Mestrado Integrado em Medicina Dentária

Biologia e Geologia ou um dos seguintes conjuntos:

- Biologia e Geologia e Física e Química ou

- Biologia e Geologia e Matemática A

A nota de candidatura é calculada com a seguinte fórmula:

  • Classificação final do ensino secundário: 60%
  • Classificação da(s) prova(s) de ingresso: 40%

Calendário de Candidaturas 2021/22

1.ª Fase 2.ª Fase

Candidaturas: 1 de julho a 7 de setembro
Resultados: 9 de setembro
Matrículas: 9 a 15 de setembro

Candidaturas: 16 a 23 de setembro
Resultados: 24 de setembro
Matrículas: 24 a 30 de setembro

Documentação necessária para candidatura:

  • Ficha ENES (Exames Nacionais do Ensino Secundário);
  • Pré-Requisito – grupo A - (exclusivamente para as candidaturas a Medicina Dentária);
  • Cartão de Cidadão;
  • Fotografia tipo passe.

Apresentação da Candidatura
As candidaturas aos curso da FMD - Católica para 2021/22, dentro dos prazos indicados no calendário, poderão ser realizadas presencialmente ou online .

1.º Passo

  • Inicie a sua candidatura online, preencha os seus dados pessoais e selecione o(s) programa(s) de Licenciatura a que pretende candidatar-se.


2.º Passo

  • Após submeter a candidatura, deverá efetuar o pagamento da taxa de candidatura através da referência multibanco que irá receber no último passo.

3.º Passo

  • Envie toda a documentação necessária por e-mail para info.viseu@ucp.pt ou por correio registado para o seguinte endereço:

    Universidade Católica Portuguesa
    A/c Serviços Escolares
    Estrada da circunvalação
    3504-505 Viseu
    Portugal

Nota: A candidatura apenas será considerada completa após pagamento da taxa e entrega da documentação.



Transferências

A transferência consiste no ato pelo qual um estudante se matricula e/ou inscreve numa instituição diferente daquela em que, em anos letivos anteriores realizou uma inscrição (Portaria nº181-D/2015 de 19 de junho).

Podem solicitar transferência os estudantes que:

  • Tenham estado matriculados e inscritos noutro par instituição/curso e não o tenham concluído, em Portugal ou no estrangeiro;
  • Tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas pela Faculdade de Medicina Dentária para o ano em que pedem a Mudança de Par Instituição/Curso (estes exames nacionais podem ter sido realizados em qualquer ano letivo anterior) ou provas homólogas;
  • Tenham, nesses exames, a classificação mínima exigida pela Universidade Católica Portuguesa, nesse ano.

Calendário de candidaturas 2021/22

1.ª Fase

2.ª Fase

  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:
  • Candidaturas:
  • Resultados:
  • Matrículas:

Caso existam vagas sobrantes após a segunda fase, a Faculdade de Medicina Dentária pode, caso assim o entenda, disponibilizar estas vagas para uma terceira fase de candidaturas. Estas candidaturas podem ser apreciadas por ordem de entrada, esgotando-se com o seu preenchimento, ou podem ser seriadas em prazo a definir pela Faculdade.

Transferência de estabelecimento de ensino superior nacional

O pedido de transferência poderá ser realizado presencialmente ou enviado por email (máx. 10MB) para info.viseu@ucp.pt dentro dos prazos estipulados.

Documentação necessária para candidatura:

  • Cartão de Cidadão;
  • Requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade, solicitando a transferência;
  • Currículo do curso que frequenta ou frequentou anteriormente;
  • Certificado das disciplinas em que obteve aprovação, com as respetivas classificações, créditos e carga horária ou ECTS;
  • Programas das disciplinas para atribuição de eventuais creditações;
  • Ficha ENES;
  • Carta de Motivação.

Nota: Às disciplinas a que seja atribuída equivalência são reconhecidos os créditos ECTS previstos no plano curricular da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa.


Transferência de estabelecimento de ensino superior estrangeiro

O pedido de transferência poderá ser realizado presencialmente ou enviado por email (máx. 10MB) para info.viseu@ucp.pt dentro dos prazos estipulados.

Documentação necessária para candidatura:

  • Passaporte;
  • Requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade, solicitando a transferência;
  • Currículo do curso que frequenta ou frequentou anteriormente;
  • Certificado das disciplinas em que obteve aprovação, com as respetivas classificações, créditos e carga horária ou ECTS. O certificado deverá ser acompanhado de uma declaração explicativa das classificações nele constantes, se estas forem diferentes do sistema de zero a vinte valores;
  • Programas das disciplinas para atribuição de eventuais creditações;
  • Certificado de conclusão do ensino secundário com classificações por disciplina;
  • Carta de Motivação.

Nota: A documentação original deverá ser devidamente autenticada pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas dos países estrangeiros em Portugal, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. Caso a candidatura seja feita por e-mail, os documentos apostilados terão de ser entregues no ato da matrícula. Às disciplinas a que seja atribuída creditação são reconhecidos os créditos ECTS previstos no plano curricular da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Católica Portuguesa.

Contacts

Coordenador Mestrado em Biomedicina Aplicada

Nuno Rosa

E-mail: nrosa@ucp.pt

Phone: (+351) 232 419 500