Ortodontia I

3 ECTS / Semestral / Português

O ensino da Ortodontia a nível pré-graduado tem como propósito introduzir os alunos nos principais conceitos desta especialidade da Medicina Dentária.

A nível prático, o objetivo principal será familiarizar os alunos com os componentes básicos dos aparelhos removíveis, de forma que conheçam os processos da sua confeção, as suas características principais e a técnica de ativação.

Concretamente é esperado que os alunos desenvolvam as competências abaixo enumeradas:

  • Enquadrar a Ortodontia na Medicina Dentária, conhecer o seu campo de atuação e os seus objetivos principais;
  • Caracterizar as más-oclusões utilizando a Classificação de Angle;
  • Compreender e aplicar a nomenclatura ortodôntica;
  • Compreender os conceitos de crescimento e de desenvolvimento;
  • Conhecer as principais teorias explicativas do crescimento craniofacial e os métodos de estudo utilizados;
  • Identificar e conhecer as diferentes fases de crescimento pós-natal;
  • Distinguir a ossificação endocondral de intramembranosa e conhecer as zonas anatómicas onde existe cada tipo de ossificação;
  • Conhecer o tipo de ossificação e os mecanismos de crescimento da abóbada craniana, da base do crânio, do complexo naso-maxilar e da mandíbula;
  • Relacionar o padrão de crescimento com os tipos de má-oclusão;
  • Entender as possibilidades de modificação ortopédica craniofacial, as suas vantagens e a aplicação clínica;
  • Identificar as alterações patológicas que resultam de anomalias do crescimento craniofacial;
  • Conhecer o processo eruptivo e suas diferentes fases;
  • Reconhecer a cronologia de erupção da dentição definitiva e identificar clinicamente as alterações na sequência eruptiva; 
  • Explicar as alterações que ocorrem entre a fase terminal da dentição decídua e o completo estabelecimento da dentição definitiva;
  • Caracterizar a normalidade da oclusão nas diferentes fases de transição da dentição decídua para a dentição definitiva;
  • Reconhecer os constituintes do aparelho estomatognático;
  • Valorizar a importância da oclusão para a correta função mastigatória;
  • Distinguir entre deglutição infantil e deglutição adulta;
  • Relacionar as anomalias fonéticas com a presença de más-oclusões;
  • Conhecer diferentes classificações dos fatores etiológicos da má-oclusão;
  • Perceber a importância dos fatores gerais e locais na etiologia da má-oclusão;
  • Entender o propósito da elaboração de modelos de estudo ortodônticos;
  • Conhecer as regras in ernacionais para o corte de modelos de estudo;
  • Conhecer as características das principais ligas metálicas usadas em Ortodontia;
  • Aprender a manipular os alicates e o arame ortodôntico;
  • Compreender os objetivos da incorporação dos elementos auxiliares nos aparelhos removíveis;
  • Executar e ativar elementos diversos em arame ortodôntico.

Faculty

Professor Auxiliar Convidado
Licenciou-se no ano de 2001 em Medicina Dentária na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (FMDUP) com uma média final de14 valores.
Assistente Convidado
Licenciatura em Medicina Dentaria na Universidade Católica Portuguesa em 2006; Pós-graduação em Ortodontia na Faculdade…